728x90 AdSpace

  • Últimas Notícias

    Tecnologia do Blogger.
    quarta-feira, agosto 20

    Relampejante

    Comecemos pelo fim. Quase entrando pela madrugada, os chineses arregalaram os olhinhos para ver de perto, no Ninho do Pássaro, um jamaicano que voa. Usain Bolt leva outra medalha de ouro para o berço do reggae, com direito a quebra de recorde mundial. Desbancar lendas como Carl Lewis e Michael Johnson dá direito a dancinha, ca-la-ro!

    E musiquinha neste blog!

    You running and you running
    And you running away (repeat)
    You running and you running
    But you can't run away from yourself
    Can't runaway from yourself,
    Can't runaway from yourself,
    Can't runaway from yourself (repeat)

    ****
    Voltemos algumas horas no tempo, para pura estupefação. Depois de os brasileiros da Georgia, obóvio, perderem rápido para a dupla americana no vôlei de praia masculino, as cores verde-e-amarelo tomam conta dos dois lados da quadra de areia em Pequim. Mas o que seria uma espécie de jogo-show, um passeio num esporte que é a nossa cara, virou uma batalha travada ponto-a-ponto.

    E qual a surpresa? De-e-eu ze-e-ebra!

    Márcio e Fábio Luiz venceram os medalhistas Ricardo e Emanuel e chegam à final contra os americanos cheios de marra. Bom, pelo menos chegaremos mais perto do Zimbábue, que continua na nossa frente no indefectível quadro geral de medalhas — 30º contra 41º lugar.

    A Estônia também está na nossa frente.

    Inclusive, a Georgia está na nossa frente.

    Argentina, depois daquele baile, está no nosso cangote.
    ****
    Na quadra, a família Bernardinho voltou a farejar ouro. Tão garimpando, tão garimpando.

    Nosso primeiro atleta a pisar no tatame pelo taekwondo já deu tchau. Veremos...
    ****
    Dentro d'água, altos e baixos. Para quem enjoa, um perigo.
    Nivalter Santos não conseguiu se classificar para a decisão dos C-1 1000m. Mas já saiu da prova com o pensamento nos 500m. Bem, assim espero...

    Bons ventos sopram a dupla Scheidt/Prada rumo ao pódio na classe Star... mas a briga é, senhoras e senhores, pelo bronze! Então tá, né?

    Juliana Veloso deu uns pulinhos na piscina. Pra nada.

    Mas as atletas da maratona aquática, que ninguém nem sabia que tinha representante (muito menos no feminino!), nem fez feio: Ana Marcela e Poliana Okimoto terminaram em quinto e sétimo lugares, nessa ordem.

    Selinho, nem pensar...
    ****
    Gente... por que a atleta sul-africana não está nas Paraolimpíadas?!

    Sem preconceito... só não entendi...
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Relampejante Rating: 5 Reviewed By: Débora Thomé
    Scroll to Top