728x90 AdSpace

  • Últimas Notícias

    Tecnologia do Blogger.
    quinta-feira, novembro 19

    Bom d+

    Massa funkeira não me leve a mal, mas vou ter que dar um papo aqui que pode gerar uma certa nóia nas mentes mais fracas. Geral tá vendo que a simples chegada do Mengão no G4 provocou hecatombes generalizadas de norte a sul na arcoirilândia. A presença do Fuderosão atemoriza, apavora, intimida, isso é inegável. Bambis, porcos, galinhas, chorolados e smurfettes começaram a pipocar e a perder pontos quando não podiam perder. Enquanto isso, o Mengão Justiceiro passava o rodo e subia, na humildade, um degrau de cada vez. É nóis sempre, maluco.

    Estamos entre amigos, não precisa se envergonhar só porque estamos falando a real. Não estamos viajando ou sendo soberbos, arrogantes, auto-suficientes. Enfim, não estamos sendo rubro-negros normais, estamos sendo sincerões. Existe outra justificativa para a flatulência que se tornou epidêmica entre os times que disputam o título e Liberta assim que nós botamos a cara? Claro que não! É o Fuderosão botando fogo pelas ventas e tocando o terror na humildade máxima.

    Mas é bom que nós consigamos manter um distanciamento crítico de tudo isso. Se liga na idéia. O Mengão assusta não apenas porque o time tá jogando mais bola que os outros. Isso é do futebol, todo ano tem um time que tá jogando melhor. Mas só isso não basta pra tocar o terror que nós tocamos. O que congela o sangue da arcoirizada malvestida é a nossa representatividade. É isso que deixa vagabundo bolado.

    Eles tão ligados que a Nação se espalha homogênea e majoritariamente em todos os estratos da sociedade. O Flamengo ta junto e misturado na malha do tecido social. Estamos sempre na parada, seja onde for a parada. Não tem como tentarem dar uma volta no Mengão. A Nação não deixa.

    Além da Globo, da CBF, da CIA e da Microsoft, que fecharam com a gente faz tempo, estamos também enxertados lá no alto comando da PM paulista, tirando o mando de campo dos gambás. Estamos também no STJD, garantindo a pena mínima pra 3 bambinos que se excederam no uso da força. Estamos também no seio da porcaiada, criando tumulto e garantindo a excursão de fim de ano da Porcolândia até Assunción do Paraguai.

    Enfim, os caras têm motivos justos e coerentes pra ficarem cheio de medinho. A gente é que não pode ficar se achando. Vamos continuar no sapato, fazendo a nossa parte e secando geral que puder atrapalhar nossos planos. Ainda não ganhamos nada, mas não perdemos nada por esperar
    .

    Do Urublog
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Bom d+ Rating: 5 Reviewed By: Débora Thomé
    Scroll to Top