728x90 AdSpace

  • Últimas Notícias

    Tecnologia do Blogger.
    sexta-feira, junho 19

    Repercutiu

    FIJ: Decisão da Justiça brasileira é retrocesso de repercussão internacional


    A Federação Internacional dos Jornalistas disse em comunicado que a decisão do STF de abolir o diploma em Jornalismo para o exercício da profissão abre “caminho para uma crescente precarização dos jornalistas e criam um prejuízo para a informação democrática”.


    Assinada por Paco Audije, secretário-geral adjunto da Federación Internacional de Priodistas, a nota segue abaixo: A Federação Internacional dos Jornalistas (FIP, na sigla em espanhol) apoia a Fenaj diante da sentença que anula a obrigatoriedade do diploma em jornalismo.


    A FIJ respalda seu filiado no Brasil, em sua vontade de continuar lutando pela qualidade das notícias e do jornalismo, depois que o Supremo Tribunal Federal declarou a anulação da exigência do diploma para obter o correspondente reconhecimento profissional.


    No Brasil, nos últimos 40 anos, a obrigatoriedade do diploma tem estado ligada tanto às reivindicações trabalhistas dos trabalhadores da comunicação como a exigência de uma informação de qualidade. O patronato brasileiro batalhava há mais de uma década junto aos tribunais para tornar desnecessária a exigência do diploma em jornalismo.


    Neste período de desregulamentação, os meios de comunicação abrem caminho para uma crescente precarização dos jornalistas e criam um prejuizo para a informação democrática.


    A FIJ estará atenta às ações promovidas pela Fenaj em defesa da informação de qualidade, do direito do cidadão da ser bem informado de forma profissional e de condições dignas no exercício da profissão.


    Do SJPMRJ
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Repercutiu Rating: 5 Reviewed By: Débora Thomé
    Scroll to Top