728x90 AdSpace

  • Últimas Notícias

    Tecnologia do Blogger.
    segunda-feira, junho 20

    Vingança mirim

    Lembram do moleque que eu atormentei numa festinha infantil?  Então, o guri teve sua vingança de álamo no último domingo. Encontrei a criança com a mãe no Forte de Copacabana. Estava lá para fazer um merecido brunch com as #runningdivas depois da corrida bacaninha do Circuito Vênus e reconheci o menino, que corria pelos caminhos de paralelepípedo bem perto da Confeitaria Colombo, que fica lá dentro da fortificação.

    Achei a mãe e fui cumprimentar. Não estava nada, nadinha cheirosa, ainda com a roupa da corrida, de viseira, tênis e todo o aparato que a gente usa nesses eventos; por isso me aproximei pouco. Dei um tchau pros presentes na mesa, troquei umas palavras com a mãe e o menino me olhando. Passei a mão na cabeça dele e mandei aquele clássico "e aí?". E ele:

    - Cadê o tio Mará?
    - Tá trabalhando, igual ao seu pai...

    E ele ainda me olhava de um jeito estranho. Acho que não se conteve: apontou o dedinho pequenininho pra mim e disse, meio ressabiado, devagarzinho, meio com vergonha, meio se divertindo:

    - Seu chapéu tá furado...

    Claro. Era uma viseira! O moleque só conhece bonés. Mas eu achei que mesmo sem saber ele estava se vingando pela sacaneada que eu dei no quebra-cabeça que ele ganhou no aniversário (disse que o presente estava quebrado e que ele precisaria pedir para trocar, se você ficou com preguioça de acessar o link da primeira frase deste post). Perguntei:

    - Nossa, é sério? Tá furado? Ainda bem que você me avisou, né? E agora, o que eu faço?

    Vocês podem não acreditar, mas a resposta só prova a tese de que o moleque estava se vingando. Saca só:

    - Tem que pedir pra trocar por um novo!
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Vingança mirim Rating: 5 Reviewed By: Débora Thomé
    Scroll to Top