728x90 AdSpace

  • Últimas Notícias

    Tecnologia do Blogger.
    sexta-feira, outubro 17

    Longevidade

    O envelhecimento global é fato. A expectativa de vida dos brasileiros subiu nos últimos anos, comprovado pelas pesquisas realizadas pelo IBGE. É preciso, portanto, acostumar-se à idéia de viver mais. E já que é para passar mais tempo por aqui, que seja com qualidade. Não custa, então, observar algumas orientações de especialistas para chegar numa boa à terceira idade. E curtir mais essa fase da vida.

    Cuide da sua alimentação
    O sobrepeso e a obesidade são problemas sérios e estão associados às alterações na insulina, nas gorduras do sangue, no aparecimento da artereosclerose e do câncer. As evidências de que a obesidade está relacionada com a aceleração do envelhecimento e com a redução da expectativa de vida das pessoas já são certezas científicas.

    Pratique atividades físicas
    Com a prática regular de exercícios físicos, o indivíduo emagrece, aumenta a sua força muscular, melhora a sua capacidade respiratória e, conseqüentemente, previne ou controla diversas doenças. Sozinha, a atividade física não garante a longevidade, mas certamente fortalece o organismo e colabora para elevar a expectativa média de vida de uma população. A prática de atividades físicas com comprometimento é essencial para a longevidade e para melhorar a qualidade de vida.

    Faça um teste preditivo genético
    Segundo os resultados de diversos estudos realizados com grupos de pessoas centenárias, 25% da longevidade dependem da qualidade e do bom funcionamento dos genes. Boa parte da responsabilidade, ou seja, os outros 75%, recaem sobre o estilo de vida e, portanto, estão nas mãos de cada um. O teste preditivo genético identifica através da análise do material genético os riscos do paciente desenvolver uma determinada doença e aponta ações para proporcionar-lhe uma vida melhor. A prevenção é baseada na efetividade individual, ou seja, num tratamento personalizado para cada paciente. A prevenção do adoecimento inclui mudanças no estilo de vida do paciente, novas orientações dietéticas e a suplementação vitamínica.

    Conviva bem com a sua própria imagem
    Quem vive tenso produz mais radicais livres, substâncias tóxicas responsáveis pela maioria dos sinais de envelhecimento, incluindo catarata, cabelo grisalho, pele seca, rugas e alguns tipos de câncer. O estresse também pode afetar os telômeros. Aquele que aceita com bom humor as mudanças do tempo e cuida da aparência, sente-se mais confiante, conquista a admiração das pessoas ao redor, melhora sua qualidade de vida e vive mais. Segundo especialistas, quem vive de bem com o espelho, seja homem ou mulher, é saudável, desenvolve menos doenças, depende menos de remédios, vive mais e melhor.

    Crie um ambiente favorável à sua volta
    O escritor francês Honoré de Balzac já dizia que "o homem começa a morrer na idade em que perde o entusiasmo". Pesquisa recente realizada pela Universidade do Texas (EUA), com as 1.558 pessoas mais velhas da comunidade, demonstrou haver uma forte ligação entre emoções positivas e o estado de saúde.
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Longevidade Rating: 5 Reviewed By: Débora Thomé
    Scroll to Top